Prates afirma que ambição para 2018 é deixar recursos para o próximo presidente
06/12/2017 - 10h38 em Política

O presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Leo Prates (DEM), diz que tem como ambição para 2018 manter as contas do Legislativo organizadas e deixar recursos para o próximo presidente. Eleito em janeiro, ele deverá deixar o posto já no início de 2019, já que a Câmara impede a reeleição dentro de uma mesma legislatura - além da possível candidatura a deputado estadual que, se lograr êxito, exigirá a renúncia de Prates do cargo de vereador. "Minha primeira ambição para esse ano é devolver recursos públicos para a prefeitura e deixar recursos no caixa para o próximo presidente, sendo o primeiro presidente a deixar recursos e as contas arrumadas, para que o próximo presidente possa fazer uma belíssima gestão", comentou Prates durante balanço da sua gestão realizado na manhã desta quarta-feira (6). Em 2017, a Câmara vai devolver à prefeitura R$ 14 milhões em recursos não utilizados. Desse montante, a prefeitura se comprometeu a destinar R$ 1 milhão para a construção de cemitérios. Segundo o presidente da Câmara, essa foi a maior demanda encontrada pelos vereadores nas sessões da Câmara Itinerante. Apesar do número alcançado este ano, Prates ainda não tem uma estimativa de quanto o Legislativo pode economizar em 2018.

Fonte:Bahia Notícias

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE