Mulher morre em acidente de caminhão quando levava uma cruz para colocar no local onde o filho caminhoneiro morreu
10/08/2018 20:04 em Geral

Um fato marcou o Distrito de Itatiaia, Município de São José do Jacuípe na madrugada desta quinta-feira, 09, com a morte trágica de duas pessoas, vitimas de acidente de caminhão no Estado de Minas Gerais. O condutor do veículo identificado por Ademar Filho da Silva Rodrigues, 34 anos, e sua prima Maria Rodrigues Araújo Ferreira, 49, que são naturais do vizinho município de Gavião.

 

Maria havia pegado uma carona com Ademar, cujo caminhão estava carregado de pedras de granito com destino a região de Patos no Estado de Minas Gerais, onde morreu seu filho Janderson Silva, no dia 8 de março deste ano, quando o caminhão carregado de mármore que ele conduzia bateu com uma carreta. 

 

Segundo informações apuradas pelo Calila Noticias, Maria tinha como objetivo na viagem, levar uma cruz para fincar no local do acidente  que matou o filho que era conhecido por ‘Jan’, mas infelizmente o caminhão que ela viajava também se envolveu numa tragédia no município de Serra do Salitre, distante cerca de 80 km do local do acidente do filho.

 

 

De acordo com o site Patos Hoje, o caminhão tombou na BR 146 depois de bater em um barranco e os ocupantes ficaram presos às ferragens. O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta de 2h30 e teve muita dificuldade para fazer o resgate das vítimas. O local é bastante conhecido dos motoristas e já fez inúmeras vítimas.  A carga foi jogada para cima da cabine, fazendo com que o motorista e a passageira ficassem presos às ferragens.

 

 

Em contato com a redação do CN, o vice-prefeito de São José do Jacuípe conhecido por Buinho, os corpos estão sendo esperados na tarde desta sexta-feira, 10, em Itatiaia e o sepultamento às 07h de sábado.

Fonte: calilanoticias.com.br

COMENTÁRIOS