Empresa vai investir R$ 1,6 bilhão em novo complexo eólico na Bahia
19/06/2019 09:22 em Economia

Foto: Manu Dias/GovBA

A Engie vai investir R$ 1,6 bilhão na Bahia, para a construção da segunda fase do Conjunto Eólico Campo Largo, formado por 11 parques, com capacidade total para produzir 361,2 Megawatts (MW) de energia limpa, no município de Umburanas, na região norte do estado. O anúncio foi feito durante a assinatura do protocolo de intenções com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia (SDE), na semana passada. As obras já iniciaram e devem gerar cerca de mil empregos. “A entrada em operação comercial deve ser entre agosto e setembro de 2020, finalizando em março de 2021, já que os parques vão começando a operar em sequência”, explica Guilherme Ferrari, gerente de Desenvolvimento de Negócios da Engie. De acordo com a SDE, foram investidos R$ 2 bilhões na primeira fase do Conjunto Eólico Campo Largo, que tem capacidade total instalada de 326,7 MW e entrou em operação comercial em dezembro passado. O complexo foi o primeiro investimento da Engie em energia eólica na Bahia. Localizado nos municípios de Umburanas e Sento Sé, o empreendimento é formado por 11 parques eólicos, tem um total de 121 aerogeradores e gerou 1,4 mil empregos na fase de construção.

Fonte: Notícias de Santaluz

COMENTÁRIOS