Caminhoneiro que liderou greve em Riachão no ano passado pública vídeo e garante nova paralisação a partir desta segunda
16/12/2019 06:49 em Trânsito

Foto: Reprodução

Repercutiu em alguns órgãos de imprensa neste domingo, 15, que os caminhoneiros irão parar nesta segunda-feira, 16, a partir das primeiras horas da manhã. O caminhoneiro Salvador Edimilson Carneiro, conhecido popularmente por Dodô, morador da cidade de Riachão do Jacuípe, um dos líderes do movimento de greve do ano passado inclusive responsável por criar o grupo União de Caminhoneiros do Brasil que conta com milhares de seguidores, circulou um vídeo que garante a paralisação de caminhoneiros em vários pontos de todo o Brasil.

 

Segundo Dodô o Governo vem enrolando a categoria com promessas e não cumpre, inclusive garantiu que publicaria uma resolução no meio da semana e até o momento nada de concreto foi visto. “Teve a Lei aprovada, teve a resolução, mas eles não fazem cumprir. Pra piorar pegaram uma tabela de frete que nós conseguimos,  fizeram lá uns cálculos e reduziram em quarenta por cento o preço do frete, a gente já não estava conseguido trabalhar com a redução na tabela e tivemos que engolir onze aumentos no preço do diesel”. afirma Dodô.

 

A diferença desta greve em relação a do ano passado, segundo Dodô é que não haverá bloqueio para impedir outros tipos de veículos, somente caminhão.

 

Salvador disse que o desanimo dos caminhoneiros é muito grande pela falta de condições de trabalho e que somente em Riachão do Jacuípe tem 10 caminhões para vender, “três bitruck foram vendidos está semana e tem outros dez à venda”, afirma o líder de caminhoneiros que garante que a realidade é em todo país.

 

Dodô disse que o Governo está arroxando nos motoristas de caminhão autônomos porque tem o interesse de manter apenas aqueles fichados em empresas.

 

Por Calila Notícias

COMENTÁRIOS