https://public-rf-upload.minhawebradio.net/16127/slider/a18dd5e2e8431febee36038ab6d25e69.jpg
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/16127/slider/31772cb2dea313e53df314d5a941d8f2.jpg
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/16127/slider/63f019fa8594f83f96292fd9ac7db62c.jpg
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/16127/slider/3e2ad0760843e5f7ec3e9dd921130200.jpg
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/16127/slider/27e8b32891874bf3776411dc4618127f.jpg
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/16127/slider/fd912451e7418a306391db95b0b08db2.jpg
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/16127/slider/f395334ed116253810df5e070638d104.jpg
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/16127/slider/9978519f3b1fa23f949ead5ef6cdb9e5.jpg
PF cumpre mandados em Serrinha e mais duas cidades em ação que investiga participação de advogados em esquema de venda de decisões judiciais na Bahia
09/07/2024 12:28 em Policial

Foto: Divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal, em conjunto com o Ministério Público Federal, deflagrou na manhã desta terça-feira (9) as fases III e IV da Operação Patronos. Segundo a PF, a ação investiga a participação de advogados em um esquema de negociação de decisões judiciais no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

 

A PF informou que a investigação é uma continuidade da Operação Faroeste, que revelou a existência de várias organizações criminosas atuando no Tribunal, compostas por magistrados, servidores, advogados e empresários.

 

Nesta etapa, estão sendo cumpridos seis mandados de busca e apreensão nas cidades de Salvador, Mata de São João e Serrinha. Além disso, outras medidas cautelares estão sendo implementadas, com a participação de 28 policiais federais.

 

Em setembro de 2023 e na semana passada, foram realizadas as fases I e II da operação, que também resultaram no cumprimento de mandados de busca e apreensão nos endereços dos investigados, além da aplicação de medidas cautelares de constrição patrimonial — indisponibilidade de bens.

Por Notícias de Santaluz

COMENTÁRIOS